Se amar fosse proibido

casamento-cerimonia-personalizada-bhImagine só, meu Deus, se amar fosse proibido. Pra resolver a questão, só colocando grade no mundo inteiro. Ia mãe, filho, vó, sobrinho, torcida, cachorro, ia pai, namorado, esposa, marido, ia irmã, ia amigo, ia desconhecido, padre, poeta, ia até polícia pra prisão. Sem cabimento, meu Deus, proibir o amor seria proibir sorriso, suspiro, beijo de verdade, brilho no olho, álbum de figurinha, toque afetuoso, clichê, colo, aconchego, acalento, lágrima seguida de outro sorriso, saudade e até aquilo que não se explica.

Acaba o amor acaba Vinicíus, acaba TomChico, acaba CartolaCarlosGuimarães, verso, prosa, romance, acaba melodia, letra, música. Acaba Cinderela, Bela Adormecida, o príncipe, acaba até conto de fada. Acaba amor, adeus dor de amor. Mundo sem amor, meu Deus, é mundo sem azul. Pois o amor colore e colore até de vermelho.

Amor arrepia, amor conforta, amor é de graça, amor não escolhe, amor se cria, amor cultiva, amor nasce, assim, de repente, amor surpreende, amor perdoa, amor alimenta, amor chega e vai, amor chega e fica…

Ai, meu Deus, amor é uma coisa boa que acontece dentro da gente.

*Escrevi este texto em homenagem à minha avó Tana

2 comentários sobre “Se amar fosse proibido

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s